sábado, 28 de setembro de 2013

Estudando os castelos medievais na turma de 1° ano

Projeto: A vida nos castelos


Justificativa: “Perceber a passagem do tempo e reconhecer o espaço à nossa volta são aspectos básicos da vida. Dominar essas noções significa compreender que a sociedade é produto de uma sucessão de mudanças e acontecimentos e que a paisagem em que vivemos muda e não é a única existente sobre a Terra. Esse tipo de conhecimento (...) também deve ser trabalhado desde a Educação Infantil sem a obrigação de transmitir conteúdos.”
                                                                
       
                                                                                               Revista on-line Nova Escola em 28/09/2013


Objetivo Geral: Oportunizar ao grupo momentos de observação e análise dos hábitos sociais e alimentares dos sujeitos no período medieval. A partir da observação e pesquisa sobre a arquitetura das moradias medievais, perceber as peculiaridades dos grandes castelos da época.


Objetivos Específicos:
-Ao final do projeto o aluno deverá ser capaz de:

-Perceber os principais hábitos dos moradores de castelos medievais
-Diferenciar roupas e utensílios domésticos do período medieval e contemporâneo
-Compreender  os papéis sociais dos habitantes dos castelos medievais
-Entender a economia feudal




Planejamento:



 Abertura do Projeto:

-Dividi a turma em cinco grupos, e para cada um, entreguei um envelope. Dentro dos envelopes havia diferentes imagens de castelos de várias partes do mundo.  Destinei um tempo para discussão dos grupos e em seguida anotei no quadro as impressões e hipóteses a respeito das imagens. Dessa atividade montamos uma rede de conhecimentos utilizando papel a metro e folha colorida. As frases montadas coletivamente foram transcritas pelos alunos.


-Desenhamos em papel a metro um castelo para enfeitar a porta da sala de aula. Para a construção dessa atividade dividimos tarefas. Enquanto alguns desenhavam, outros coloriam, confeccionavam princesas, príncipes e soldados. Além de confeccionarmos bandeirinhas coloridas para o topo do lindo castelo.


-Analisamos a palavra “CASTELO” quanto ao número de letras e sílabas. Em seguida escrevemos em formato de paralelo, a partir das sílabas, outras palavras.


-Brincadeira de “Palavra-puxa-palavra”.  Cada criança recebeu uma ficha para a anotação da atividade. Primeiro fizemos a atividade coletivamente escrevendo os resultados no quadro. Em seguida as crianças fizeram a transcrição das palavras e a ilustração de um castelo para a ficha.

Essa atividade consiste em citar outras palavras a partir da última sílaba da anterior. Ex: casteLO-LObo-boLA-Lápis....


-Fechamento: Brincadeira livre



Sengundo dia:

-Trouxe enrolado para presente, o livro “Castelo Medieval”. Deixei que o livro fosse manuseado pelos alunos para observação das imagens e textos. Nesse momento o grupo descobriu que anexo ao livro uma maquete de castelo para montagem. Com a colaboração de todos, fizemos então a montagem da maquete do castelo.








-Após observar o livro comparamos os desenhos dele com as fotografias da rede de conhecimentos para diferenciarmos as arquiteturas reais das imaginárias. Pensamos sobre as possibilidades de formatos e cores de castelos de verdade.


-Fomos para a sala de informática e realizamos uma pesquisa sobre a arquitetura e regiões do mundo onde ainda existem castelos. Navegamos no endereço: http://www.bloglp.xpg.com.br/2011/03/40-castelos-mais-belos-do-mundo/


-Retornamos à sala de aula para cada criança desenhar o castelo que mais admirou no blog. Abaixo do desenho deveria ser escrito o nome do castelo e da cidade onde ele está situado.


-Fizemos uma exposição dos desenhos e o grupo escolheu a partir de votos os dois desenhos mais bonitos. Estes fizeram parte de um painel exposto no corredor central da escola.  






Nenhum comentário:

Postar um comentário